terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

PALAVRAS DE MIRIAM ALVES

Tenho certeza que não parto do macro zero. Porque nascer no Brasil e ser negra é herdar toda uma historia. A inversão oficial preocupa-se em nos acusar de culpados e indulgentes para cobrir as próprias culpas e indulgência. É também ter a felicidade de herdar o poder de construir um novo legado que deixe os futuros herdeiros mais felizes e conscientes de que o marco nunca é zero, e, apesar de sermos um novo começo, antes e depois sempre existiram pessoas, passos flores e dores, esta é a construção cotidiana da esperança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário